Header Ads

ACRESCENTA ao caput do artigo 1º da Lei nº 165/2005 a obrigatoriedade do Balão de Oxigênio e acrescenta ao inciso II do mesmo artigo a expressão “esta

LEI Nº 1.217, DE 14 DE MARÇO DE 2008
(D.O.M. 18.03.2008 – N. 1923 Ano IX)

ACRESCENTA ao caput do artigo 1º da Lei nº 165/2005 a obrigatoriedade do Balão de Oxigênio e acrescenta ao inciso II do mesmo artigo a expressão “estabelecimentos esportivos de campo de grama sintética”

O PREFEITO DE MANAUS, usando das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 80, inciso IV, da LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE MANAUS,

FAÇO SABER, que o Poder Legislativo decretou e eu sanciono a seguinte

LEI:

Art. 1º Acrescenta ao caput do artigo 1º da Lei nº 165/2005 a obrigatoriedade do Balão de Oxigênio.
“Art. 1º - É obrigatório disponibilizar aparelho desfibrilador cardíaco portátil e balão de oxigênio nos locais, veículos e estabelecimentos a seguir relacionados:”

Art. 2º Acrescenta a expressão a estabelecimentos esportivos de campo de grama sintética” ao inciso II do art. 1º da Lei nº 165/2005:
“I - ...............................................................
II – estádios, ginásios esportivos, estabelecimentos esportivos de campo de grama sintética, shoppings,espetáculos, embarcações e qualquer outros locais, em eventos e qualquer natureza, com previsão de concentração ou circulação de pessoas igual ou superior a 500 (quinhentas);”.

Art. 3º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Manaus, 14 de março de 2008.
SERAFIM FERNANDES CORRÊA
Prefeito de Manaus

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.